quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Marca-passo: para que serve? Um número restrito da população utiliza marca-passo. Saiba para que serve este dispositivo.


Uma das formas mais utilizadas para corrigir os problemas do “coração lento”, é o uso de marca-passo artificial. Este consiste em um aparelho eletrônico que possui eletrodos (fios que se comunicam com o coração), de forma a colaborar com os batimentos do órgão. No entanto, existem outras indicações relacionadas ao uso desse dispositivo eletrônico. Tendo isso em vista, separamos algumas informações sobre para que serve o marca-passo.

Conheça algumas indicações para o uso do marca-passo

Em alguns casos, devido a diversas etiologias, a parte elétrica natural do coração sofre alguns danos e acaba resultando na alteração da condução do impulso elétrico para todo o órgão. Como resultado, o coração passa a funcionar de forma lenta, afetando o bombeamento do sangue para o resto do corpo. Devido a isso, o indivíduo portador do problema, pode apresentar alguns sintomas, entre eles tontura, cansaço e desmaios.

Saiba como ocorre a implantação do marca-passo

Após a avaliação adequada do indivíduo sintomático, o médico avaliará a necessidade do uso do aparelho cardíaco. A implantação do marca-passo se dá através de uma pequena cirurgia, que será o caminho para introduzir o dispositivo abaixo da pele, mais precisamente, na região do peito, próximo ao ombro.
O eletrodo que sai do marca-passo é introduzido, através de uma veia, alcançando a parte interna do coração, em especial, com o músculo cardíaco. A depender da gravidade do problema e da indicação, o profissional pode optar pelo uso de apenas um eletrodo (apenas no ventrículo direito) ou dois eletrodos (um no ventrículo direito e outro no átrio direito). Vale ressaltar que, apesar de se tratar de uma cirurgia cardíaca, esse tipo de procedimento é muito mais simples, quando comparado a uma cirurgia cardíaca.
O marca-passo é implantado sob a pele, no peito, próximo ao ombro. (Foto: divulgação)

Marca-passo: sinônimo de uma vida comum

  
Muitas pessoas possuem dúvidas sobre como devem se portar, após a implantação do marca-passo. No entanto, não existem muitas contraindicações para os recém-operados. Conheça algumas informações abaixo:
  • O indivíduo pode utilizar qualquer tipo de eletrodoméstico – os marca-passos cardíacos não sofrem nenhuma influência dos aparelhos existentes nas residências. Apesar disso, o indivíduo deve estar sempre atento às instalações elétricas, de modo a evitar choqueselétricos;
  • O paciente com marca-passo pode praticar atividade física – a realização de exercícios físicos está liberada para esses indivíduos, desde que eles não pratiquem esportes ou atividades físicas que possam causar algum tipo de trauma sobre o dispositivo elétrico;
  • Os indivíduos com marca-passo podem ter relações sexuais, sem sofrer qualquer efeito colateral.
    O marcapasso é muito utilizado para ajudar os corações fracos. (Foto divulgação:
Muitas pessoas já ouviram falar sobre o marca-passo, mas poucas conhecem para que serve o aparelho. De maneira geral, esse dispositivo elétrico está indicado em casos em que o coração não funciona de forma correta e possa manifestar alguns incômodos, ao indivíduo.

Nenhum comentário: